14.10.10

E é assim que se chega aos 33.


Depois destes últimos 365 dias, em que a minha vida deu uma volta de 180º e afinal parece que foi parar ao mesmo lugar sou assolada por lembranças de há um ano atrás. De como errei em tantas situações, de como fui injusta, impaciente e intransigente. De como dos sonhos às forças vai um quilómetro de distância, de como soluções  de pacote prontas em 5 minutos podem dar uma azia de largos meses. De como tudo muda em poucas horas, de como somos responsáveis pelas nossas acções e decisões, ou não-decisões, uma forma cada vez mais comum de se estar. Há 365 dias atrás não estava feliz, nada feliz. E hoje, depois de tudo o que aconteceu, depois de tudo o que mudou não sei se poderei retirar a negação da frase anterior. Parece-me que estou mais ou menos na mesma, mas só um ano mais velha.

5 comentários:

c disse...

que os próximos 365 dias sejam de decisões, e que sejam elas que marquem a tua vida, mais que as "nao-decisoes".

e hoje, hoje é um dia pra sorrir e dizer "33" para a fotografia :)

bj grande, dia feliz, parabéns.
***
c.

Princesa Destilada disse...

Fiz o mesmo percurso e uma avaliação muito semelhante há dias, e há 1 ano e uns dias. De qualquer forma, parabéns. Porque apesar de tudo é mais um ano, e é também, como todos os anos, uma nova partida.

Poetic GIRL disse...

33 é um número bonito! Parabéns, beijoca

Rita disse...

Discordo. Tens mais 365 de tudos e de nadas e de entretantos e sins e não e talvez... ;)

Sentimento de Mim disse...

Tens hoje mais nadas que te vão tudos quando chegar a hora. Pensa sempre que o hoje é a véspera da hora H.