23.4.09

Não sei se ria, não sei se chore.


Fez dia 21 deste mês, precisamente 10 anos que eu comecei a trabalhar (a tempo inteiro).
Foi num agência de publicidade já extinta, mas muito estimulante na altura, ou não fosse da posse de Miguel Esteves Cardoso e de Pedro Paixão.
Lembro-me que o meu primeiro trabalho a ser produzido foi uma brochura bilingue sobre Golfe na Costa da Prata. E hoje, dia 23 de Abril estou a terminar um trabalho sobre um empreendimento de luxo com campo de golfe, na Costa da Prata.

[Será que isto é um sinal? Será que é agora que este ciclo se vai fechar?]
[Eu gostava]

10 comentários:

Denise disse...

Ui... isso é o verdadeiro Déjà vu!!

:)

T disse...

Ou então, é o chamado "não sair da cepa torta!"

Denise disse...

lol é assim tão mau?
Pensa comigo, antes isso do que não teres emprego!

T disse...

Claro que antes isto, ainda para mais porque era mesmo isto que eu queria fazer... há 10 anos atrás. Mas veres que trabalhas há tanto tempo e perceberes que apesar de teres evoluído, a realidade é quase a mesma, e estás a fazer o mesmo... dá que pensar o que vai ser para a frente. Capice? ;)

T disse...

Aliás... como já deu para perceber nos meus potss dos últimos largos meses... Mudar de vida...

Miss G disse...

Acho que é o mote para algo novo.
Estou a torcer até dia 29! Tem alguma coisa a ver com isto, se é que posso perguntar?

T disse...

Miss G,

Eu juro que depois conto tudo!

Ori disse...

Percebo exaaaactamente o que queres dizer T. Mas tambem te digo ... há clientes diferentes, mas são todos iguais. A nivel de respeito laboral isto não está pa melhoras e cada vez mais a tecnologia em vez de nos facilitar, escraviza nos porque deu a falsa noção de que tudo se faz no clicar de um botão.

alarguei me um bocadinho mas quero tb dizer que apesar disto não podemos deixar de tentar. Só acha quem procura ;)

Princesa Tagarela disse...

...talvez, o facto de dez anos depois teres ente mãos um projecto sobre um tema já trabalhado anteriormente, só te queira demonstrar o que evoluiste...

;))

E, quando "mudar de vida" representa uma grande viragem, é natural que não se concretize num estalar de dedos...são sempre muitos os prós e os contras...

C disse...

Vais ver que é o encerrar de um ciclo e que vai correr tudo como queres! Força! Eu continuo a torcer por ti com muita força. :)