28.12.09

Como esquecer

(...) As pessoas têm de morrer, os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. (...)


Miguel Esteves Cardoso - Último Volume - 1991
[sabia este livro de cor aos quinze anos. hoje caiu-me nas mãos enquanto o arrumava na nova estante. de novo só mesmo a estante. os anos passaram, o livro a desfazer-se de velho e eu... eu acho que isto nunca me tinha feito tanto sentido como agora.]

1 comentário:

Vanessa Souza Moraes disse...

É preciso esquecer devagar.

De fato, não se esquece rápido...