3.3.10




[a single man]


O meu professor de cinema disse que um filme tem 7/8 minutos para nos captar, caso contrário já está perdido. E o que dizer sobre um filme que aos quatro minutos e meio nos começa a fazer escorrer lágrimas e vai nesse ritmo em quase toda a duração da sua projecção?
Eu não me lembro da última vez que me senti assim com um filme. Durante e depois. É provavelmente um dos filmes da minha vida, francamente no top 5, apesar de poderem achar que a proximidade do visionamento me está a turvar a memória (é possível), mas este foi, sem dúvida, o filme mais bonito que já vi na vida.



2 comentários:

DLPE disse...

será o próximo ;)

Dry-Martini disse...

Adorei o filme, de uma sensibilidade fotográfica e uma envolvência musical soberbas

XinXin