30.1.07

Estar ausente


















Está na moda estar ausente. Seja pela vida ou pela net. Pelo telefone ou simplesmente nas conversas do coração. Está na moda estar ausente, não dizer o que se pensa, nem dizer o que se sente. Que é como quem está, sem estar, quem não dá opinião, mais vai dizendo que sim e vai dizendo que não. Que é como quem não assume, não se envolve,

mas que está lá deixada ao Deus dará. Que aceita e festeja e brinda e graceja. Mas não está ali. Está para ali. Está ausente porque está na moda. Faz pose de indiferença para que não se dê pela sua presença. E é um incómodo dar por ela, quando a única coisa que a ausência quer é estar presente, estando ausente.

3 comentários:

Jonnywolf disse...

Estar ausente, é o sentimento mais usual nos nossos dias.
Um beijo

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Queria dizer que os meus blogs sumiram por isso resolvi fazer um novo,
Onde constam todos os meus temas, tanto poesia como prosa e textos vários...
Obrigada e peço-vos desculpa pelo transtorno
Estou a faze-lo conforme posso, não me esqueci de ninguém
Beijinhos
Conceição Bernardino

Meu novo blog- http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Que posso eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
Que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu gesto de carinho
Soberbo...

Anónimo disse...

Não é que estaja na moda. Acho que é mais uma questão de ignorância. O desencontro é constante, logo a ausência é permanente.
Bem vinda à realidade :)
...mas acredita que nem todos são assim.