27.1.11

Eu não tenho nada a ver com isso, mas tenho opinião


Eu não tenho nada a ver com a forma como cada um gasta o seu dinheiro, nem como o ganha. Mas, tenho a ver quando me é dito que não há dinheiro para pagar a mais pessoas, para contratar mais ninguém, porque não há dinheiro para mais encargos com recursos humanos e com descontos para a segurança social, e no mesmo dia se compram blackberrys para toda uma equipa, um novo portátil 21” e um iphone4 novo para o director. Mais uma vez, eu não tenho nada a ver com isso, nem com a forma como uma empresa decide gerir o seu dinheiro. Pode ser visto como um investimento, uma necessidade, ou ferramentas extremamente necessárias para o desempenho de funções, mas, tenho a ver quando não é paga a indemenização de 3 e 5 anos de casa a pessoas que são despedidas de um dia para o outro. Que saõ despedidas só porque sim, porque são mães ou acabaram de casar, e não queremos cá gente assim com sonhos de vida e com pouca disponibilidade. Pessoas que se mandam fora como um velho computador, para mandar vir um novo. Mas eu não tenho nada a ver com a forma como cada um gasta o seu dinheiro, nem como uma empresa faz a gestão do seu capital, até porque é mais do que claro que os equipamentos valem mais do que as pessoas.

2 comentários:

Poetic GIRL disse...

Infelizmente somos os primeiros a ser descartados quando o cerco começa a apertar. Mas é como dizes para as outras prioridades há sempre, nem que seja para o jogar pela janela fora! bjs

T disse...

Pois, porque o que faz uma empresa são as pessoas, mas ainda há pessoas que não percebem isso.