12.1.11

Pronto... agora que já tiveram para cima de meia hora de festejos e divertimento, digam-me lá uma coisa...

...como é que se faz para sair da nossa zona de conforto? 

[é que para além de preguiçosa emocional, agora *dizque também sou muito independente emocional. Está bonito isto está.]

5 comentários:

O disse...

Sair da zona de conforto é o que já começaste a fazer. Enfrentar os nossos pequenos demónios não é nada confortável. Depois de os identificares fica mais fácil vencê-los e conseguir ser o que queremos. Agora é só ir aos poucos limando arestas:)e sem pressas... que estas coisas têm o seu tempo.

Beijinho T

(...tb ando a dar lhe nas limas ;))

Luísa disse...

foi um psicólogo que te disse isso? desconfia dele/a, sempre. digo eu. mas eu sou escorpião e, logo, má, diz uma psicóloga. preguiça resolve-se com treino. independência tb se adquire. qdo se quer ;)

T disse...

Não foi um psicólogo não. E sim, essa gente é sempre de desconfiar... afinal são tão humanos quanto nós. Mas vá, alguma coisa saberão a mais do que nós. Sobre essas generalidades dos signos (e eu de vez em quando caio nessa tentação) é não ligar. Há gente espectacular e verdadeiras bestas em todos os signos... (mas capricornianos e sagitários são do pior AHAHAHHAHAHAHHAH!! NOT)

A preguiça é difícil, mas sei que se consegue. E o meu problema não é precisar de independência, muito pelo contrário.

Luísa disse...

tb acho q sabem mais do que 'nós' (os que não são psicólogos / analistas / psiquiatras) em determinados aspectos. em astrologia não lhes concedo quaisquer tipo de sapiência. mas lá está, há de tudo, em profissões e signos, for that matter ;)

se és demasiado 'independente' isso tb se controla c o tempo. o tempo é o melhor amigo, cura e ensina. e qdo olhamos p trás percebemos q afinal aqueles momentos menos bons serviram p alguma coisa. nem q seja p perceber o q não queremos ou onde temos de evoluir. há sempre algo de positivo. em seguimento a um outro post teu, houve um anónimo qq q disse algures que "tudo acaba bem. se não estás bem é pq ainda não acabou." verdade ou não, escolho acreditar. torna td tão mais fácil acreditar q td tem 1 lado positivo ;) provavelmente isto dito a 1 psicólogo causa 1 ou outra convulsãozita. oh well :)

T disse...

Eu tenho um problema (entre os 537 já identificados) que é ser pessimista por natureza. Acredito que não nasci assim, mas algures pelo caminho fiquei assim.
Mas, também acredito que "tudo se resolve" e também consigo ver o lado positivos das coisas, mesmo das piorzitas... demoro um bocado a ver e a chegar lá, mas chego!

Pelo contrário, acho que um (bom) psicólogo só ficaria contente por saber que se acredita que tudo tem um lado positivo.